FÓRUM EVANGÉLICO
Paz do Senhor Jesus.

Por favor, cadastre-se e ajude-nos a manter uma boa colocação no google, espalhando com isso, o evangelho do Senhor Jesus, para juntos, mostrarmos que o verdadeiro evangelho, não se parece nem um pouco com o que vem ocorrendo hoje.

Toda Honra e Glória ao Senhor,
Equipe Apologética

DEUS PODE FAZER QUALQUER COISA?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

DEUS PODE FAZER QUALQUER COISA?

Mensagem  Equipe Apologética em Dom Dez 25, 2011 6:54 pm

Deus pode fazer qualquer coisa?

Deus pode fazer qualquer coisa. Gn 18:14, Jr 32:17, 32:27, Mt 19:26, Mc 10:27

Existe algumas coisas que Deus não pode fazer. Jz 1:19, Mc 6:5, Hb 6:18

Textos

Deus pode fazer qualquer coisa:
Gn 18:14 - Haveria coisa alguma difícil ao SENHOR? Ao tempo determinado, tornarei a ti por este tempo da vida, e Sara terá um filho.

Jr 32:17 - Ah! Senhor JEOVÁ! Eis que tu fizeste os céus e a terra com o teu grande poder e com o teu braço estendido; não te é maravilhosa demais coisa alguma.

Jr 32:27 - Eis que eu sou o SENHOR, o Deus de toda a carne. Acaso, seria qualquer coisa maravilhosa demais para mim?

Mt 19:26 - E Jesus, olhando para eles, disse-lhes: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível.

Mc 10:27 - Jesus, porém, olhando para eles, disse: Para os homens é impossível, mas não para Deus, porque para Deus todas as coisas são possíveis.

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Existe algumas coisas que Deus não pode fazer:
Jz 1:19 - E foi o SENHOR com Judá, e despovoou as montanhas; porém não expeliu os moradores do vale, porquanto tinham carros de ferro.

Mc 6:5 - E não podia fazer ali obras maravilhosas; somente curou alguns poucos enfermos, impondo-lhes as mãos.

Hb 6:18 - para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos a firme consolação, nós, os que pomos o nosso refúgio em reter a esperança proposta;

Descontradizendo

Vamos à NVI

Jz 1:19 - 19 O SENHOR estava com os homens de Judá. Eles ocuparam a serra central, mas não conseguiram expulsar os habitantes dos vales, pois estes possuíam carros de guerra feitos de ferro.

O que aqui implica em algo que Deus não possa fazer? O fato dos judeus (homens) não conseguirem expulsar pessoas de alguns territórios é tido como uma coisa "impossivel" de Deus fazer?

Os céticos se esquecem que Os judeus expulsaram os habitantes de Canaã com um exército pequeno. Com esse pequeno exército eles conquistaram todo o território.

Agora, porque o texto inicia com "O SENHOR estava com eles" significa que eles teriam que expulsar todos? Penso que não!

Eles não expulsaram e o Senhor estava com eles na conquista da terra. Independente se expulsaram ou não, a terra foi conquistada. Parece que há uma confusão cética aí, pois o que dá a entender é que, pelo motivo deles não expulsarem algumas pessoas de alguns territórios, diz que eles fracassaram na conquista da terra. Porém eles a Conquistaram!
Em Marcos 6:5, os céticos alegam que Jesus não "conseguia" fazer milagres por causa de seus vizinhos.

Vamos a todo o contexto:

1 Jesus saiu dali e foi para a sua cidade, acompanhado dos seus discípulos.
2 Quando chegou o sábado, começou a ensinar na sinagoga, e muitos dos que o ouviam ficavam admirados. “De onde lhe vêm estas coisas?”, perguntavam eles.
“Que sabedoria é esta que lhe foi dada? E estes milagres que ele faz?
3 Não é este o carpinteiro, filho de Maria e irmão de Tiago, José, Judas e Simão? Não estão aqui conosco as suas irmãs?” E ficavam escandalizados por causa dele.
4 Jesus lhes disse: “Só em sua própria terra, entre seus parentes e em sua própria casa, é que um profeta não tem honra”.
5 E não pôde fazer ali nenhum milagre, exceto impor as mãos sobre alguns doentes e curá-los.
6 E ficou admirado com a incredulidade deles.

O que está acontecendo neste texto?

Jesus volta para a sua cidade (Nazareth) e começa a ensinar e fazer milagres. Ou seja, ele estava fazendo-os normalmente. Porém chegam seus vizinhos, amigos de infância, ou pessoas que o conheciam desde menino e não crêm nEle porque o conheciam e pensavam que ele jamais seria o messias.

"Escandalizados" não significa o termo conhecido vindo de escândalo, mas sim da incredulidade assim desacreditando e achando absurdo tudo o que ele dizia, e como Jesus disse sobre honra, provavelmente tais pessoas o desonravam, com xingamentos e coisas do tipo.

Desta forma, Jesus se vê impossibilitado de continuar seus milagres alí. Impossibilitado não quer dizer que seria absolutamente impossivel, mas que a ação de Jesus foi anulada pela incredulidade de seus vizinhos. Para que fazer milagres, sendo que mesmo assim não acreditariam?

Jesus e todos os seus milagres foram presenciados por pessoas que creram e consequentemente os descrentes viam, porém todas as pessoas que estavam junto a Jesus (exceto os discípulos) não criam, então Jesus se viu impedido devido a incredulidade.

Vejam que o versículo 5 termina dizendo que ele curou doentes. Isso não seria milagre? Ou seja, os doentes, os quais criam que ele era o Messias, foram curados.

Portanto, Jesus não operou milagres para os incrédulos, mas apenas para os crentes.

Hebreus 6:18 - para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos a firme consolação, nós, os que pomos o nosso refúgio em reter a esperança proposta;

Vamos novamente ao contexto.

13 Quando Deus fez a sua promessa a Abraão, por não haver ninguém superior por quem jurar, jurou por si mesmo,
14 dizendo: “Esteja certo de que o abençoarei e farei numerosos os seus descendentes”.
15 E foi assim que, depois de esperar pacientemente, Abraão alcançou a promessa.
16 Os homens juram por alguém superior a si mesmos, e o juramento confirma o que foi dito, pondo fim a toda discussão.
17 Querendo mostrar de forma bem clara a natureza imutável do seu propósito para com os herdeiros da promessa, Deus o confirmou com juramento,
18 para que, por meio de duas coisas imutáveis nas quais é impossível que Deus minta, sejamos firmemente encorajados, nós, que nos refugiamos nele para tomar posse da esperança a nós proposta.
19 Temos esta esperança como âncora da alma, firme e segura, a qual adentra o santuário interior, por trás do véu,
20 onde Jesus, que nos precedeu, entrou em nosso lugar, tornando-se sumo sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque.

Sobre o que o texto fala? Sobre a certeza da Promessa que Deus nos fez através de Jesus, dando-nos a possibilidade de salvação.

Deus fez um juramento por si mesmo com Abraão, de que este seria pai de muitas nações, mesmo sendo velho. Seu juramento era imutável.

É aí que entra o "impossivel Deus mentir". Deus fez uma promessa por si mesmo e foi considerado como impossivel Deus mentir sobre esta promessa, quebrando-a, pois o juramento confirmava o que havia sido dito, ou seja, Deus não podia voltar atrás.

Porém o texto nos revela a segunda promessa, que é a Salvação em Cristo Jesus. Ou seja, a promessa à Abraão era imutável e a mesma com Jesus também o é. Sendo assim, as duas promessas são imutáveis e é impossivel que Deus minta sobre elas, pois ele jurou por si mesmo, confirmando o que prometera a Abraão e à nós através de Jesus.

Outro detalhe é que mentir não é da natureza de Deus. Esta regra não pode ser aplicada a Deus, porque em sua natureza, sua escência, não existe a mentira, pois ele não é possuidor do Pecado.

Podemos também considerar a palavra "mentir", como "quebra de promessa". Ou seja, como Deus jurou por si mesmo, confirmando o que havia prometido, era impossivel que ele "quebrasse a promessa". Ou seja, sua natureza imutável não permitia que fizesse tal "quebra".

Concluindo, não há contradição.

Dr. Calvin
avatar
Equipe Apologética
Admin

Mensagens : 148
Pontos : 426
Data de inscrição : 11/11/2011
Localização : RUA CORONEL XAVIER DE TOLEDO, 65 - LOJA 8D - CENTRO - SÃO PAULO

Ver perfil do usuário http://www.forumevangelico.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum