FÓRUM EVANGÉLICO
Paz do Senhor Jesus.

Por favor, cadastre-se e ajude-nos a manter uma boa colocação no google, espalhando com isso, o evangelho do Senhor Jesus, para juntos, mostrarmos que o verdadeiro evangelho, não se parece nem um pouco com o que vem ocorrendo hoje.

Toda Honra e Glória ao Senhor,
Equipe Apologética

QUAIS OS TIPOS DE ANIMAIS QUE NÓS PODEMOS COMER?

Ir em baixo

QUAIS OS TIPOS DE ANIMAIS QUE NÓS PODEMOS COMER?

Mensagem  Equipe Apologética em Dom Dez 25, 2011 6:25 pm

Quais os tipos de animais que nós podemos comer?

Não devemos comer animais. Gn 1:29, Pv 23:20, Is 7:14-15, Dn 1:8, Rm 14:21

Somente alguns tipos de animais podem ser comidos. Lv 11:2-4, Dt 14:7-8

Nós podemos comer qualquer tipo de animal. Gn 9:3, Mc 7:18-20, At 10:10-13, Rm 14:2, 14:14, I Co 10:25, I Tm 4:1-3

Descontradizendo - Versículo por versículo.

Como o "intelectual" não conhece a palavra CONTEXTO, lhe farei este grande favor, se me permite é claro.

Vou comentar versículo por versículo para que fique mais fácil de entender.

Vamos lá então...
Não devemos comer carne de animais: I


Gn 1:29 - E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda erva que dá semente e que está sobre a face de toda a terra e toda árvore em que há fruto de árvore que dá semente; ser-vos-ão para mantimento.

Isto foi dito por Deus antes da queda. Por tanto não se aplica mais ao período pós-queda.

Obs: Os carnívoros no Éden se alimentavam de ervas como os outros animais.

Observe que o vs.30 diz: "E a todos os animais da terra, a todas as aves do céu e a todos os seres viventes que se arrastam sobre a terra, tenho dado todas as ervas como mantimento...".

Porém, devido ao pecado os animais e toda a criação passaram por mudanças de comportamento. Uma delas diz respeito a sua própria alimentação. Por isso não pode ser este versículo usado como argumento contraditório.

Não devemos comer carne de animais: II

Pv 23:20 - Não estejas entre os beberrões de vinho, nem entre os comilões de carne.

COMILÕES! O texto diz COMILÕES!

O que é um comilão?

Um pouco antes fala de BEBERRÕES!

Ou seja, pessoas que exajeram tanto no beber vinho quanto no comer carne. Não há nada aqui que proiba beber vinho ou comer carne. Diz apenas, manere! Não seja um beberrão e nem um glutão!

Não devemos comer carne de animais: III

Is 7:14-15 - Portanto, o mesmo Senhor vos dará um sinal: eis que uma virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome Emanuel. Manteiga e mel comerá, até que ele saiba rejeitar o mal e escolher o bem.

Puxa, como eu fiz força pra tentar ver o que o "intelectual" viu. Porém, não consegui ver onde está escrito que Jesus (a profecia é a respeito dele) não comeria carne?

Jesus comeu carne enquanto esteve na terra:

Jo 21:13-15: "Veio Jesus, tomou o pão e lhes deu, e semelhantemente o peixe... Depois de terem comido,...".

Mesmo que você diga assim: "-Ah, mas o texto não diz que Jesus comeu!", beleza, mesmo duvidando disso, você deve concordar que Ele deu os peixes para os discípulos comerem e em nenhum momento os proibiu disso.

Obs: O mesmo aconteceu na multiplicação dos peixes em Mt 14:13-21. Principalmente o vs.20: "Todos comeram e se saciaram,...". Isso inclui Jesus.

Não vão dizer que Jesus multiplicou os peixes para as pessoas levarem para casa e colocarem num aquário, vão?

Não devemos comer carne de animais: IV

Dn 1:8 - E Daniel assentou no seu coração não se contaminar com a porção do manjar do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto, pediu ao chefe dos eunucos que lhe concedesse não se contaminar.

Onde diz carne aqui?

E mesmo que dissesse carne, o texto diz que Daniel não queria a "carne" (Manjar) do Rei, nem o vinho do Rei.

O texto primeiramente não fala carne. Segundo, diz apenas que Daniel não queria a comida do Rei.

Nossa... é tão difícil ver isso?

Não devemos comer carne de animais: V

Rm 14:21 - Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem fazer outras coisas em que teu irmão tropece, ou se escandalize, ou se enfraqueça.

1. Paulo diz apenas: "-Bom é...", ou seja, é apenas um conselho e não um absoluto.

2. A carne que ele se refere aqui, é carne sacrifica a ídolos e não todo o tipo de carne.

Somente alguns tipos de animais podem ser comidos:

Lv 11:2-4 “Digam aos israelitas: De todos os animais que vivem na terra, estes são os que vocês poderão comer: qualquer animal que tem casco fendido e dividido em duas unhas, e que rumina.“Vocês não poderão comer aqueles que só ruminam nem os que só têm o casco fendido. O camelo, embora rumine, não tem casco fendido; considerem-no impuro."

Dt 14:7-8 "Contudo, dos que ruminam ou têm o casco fendido, vocês não poderão comer o camelo, o coelho e o rato silvestre. Embora ruminem, não têm casco fendido; são impuros para vocês. O porco também é impuro; embora tenha casco fendido, não rumina. Vocês não poderão comer a carne desses animais nem tocar em seus cadáveres."

Um povo vivendo no Deserto e o seu Deus apenas dizendo que tipo de comida saudável eles deveriam comer naquelas circunstâncias.

Animal imundo significa justamente que estes traziam complicações para a saúde. principalmente se tratrando de se estar vivendo no deserto.

Não há nada de mais nisso. É apenas o cuidado de um Pai que ama e está cuidando de seus filhos.

Nós podemos comer qualquer tipo de animal: I

Gn 9:3 "Tudo o que vive e se move servirá de alimento para vocês. Assim como lhes dei os vegetais, agora lhes dou todas as coisas."

Outra situação, nada a ver com a situação de Israel no Deserto. Este intelectual da Bíblia do Cético fica o tempo todo usando o que Deus disse numa situação e quer aplicá-la em todas as situações.

Daqui uns dias ele vai dizer que Deus quer que sacrifiquemos nossos filhos como na história de Abraão.

Ele não consegue perceber que a Bíblia é a história de um Deus vivo se relacionando com um outro ser vivo que é o ser humano. Isto implica em mudanças de atitudes e cenários o tempo todo. Pois ambos são agentes livres para agir.

Detalhe. Hoje em dia, podemos comer qualquer tipo de animal. Ou seja, o que Deus disse para Noé de fato se concretizou em nós. Nós podemos comer qualquer tipo de animal, porém devemos ter o cuidado com nossa saúde, pois comer animais que vivem em situação de impureza (esgotos, lixo, cadáveres, etc) não podem ser comidos por uma questão higiênica. A liberdade de comer qualquer carne ou animal com saúde só veio depois dos anos 70-80 de nossa era, pois os cuidados higiênicos são grandes, possibilitando tal. Mas como era no deserto, um lugar sem higiene, comer qualquer coisa poderia acarretar em problemas sérios de saúde.

Nós podemos comer qualquer tipo de animal: II

Mc 7:18-20 - 18 “Será que vocês também não conseguem entender?”, perguntou-lhes Jesus. “Não percebem que nada que entre no homem pode torná-lo ‘impuro’? Porque não entra em seu coração, mas em seu estômago, sendo depois eliminado.” Ao dizer isso, Jesus declarou “puros” todos os alimentos. E continuou: “O que sai do homem é que o torna ‘impuro’.

Então significa que podemos comer caco de vidro e tomar veneno que nada acontecerá com a gente? É isso que Jesus quiz dizer? É lógico que não, porém, o "intelectual" certamente pegará o que Jesus disse e usará para tudo na vida. Ele distorce o texto da seguinte maneira:

...“Não percebem que nada que entre no homem pode torná-lo ‘impuro’? Porque não entra em seu coração, mas em seu estômago, sendo depois eliminado.” Ao dizer isso, Jesus declarou “puros” todos os alimentos. E continuou: “O que sai do homem é que o torna ‘impuro’. Por isso, comam caco de vidro e tomem veneno, que nada acontecerá a vocês!

De que contaminação Jesus estava se referindo? É lógico que não se aplica a mesma situação do deserto. É lógico que Jesus não está falando sobre você comer uma carne infectada de bactérias.

Ele estava explicando que a preocupação externa de purificação dos fariseus seguindo suas tradições de lavar as mãos antes de comer estavam acima de algo muito mais danoso, que é aquilo que está no nosso coração. Isto sim é danoso e prejudicial ao ser humano.

Jesus não estava tão preocupado em lavar as mãos para comer e sim em mudar o coração do homem.

Não é o que entra pela boca do homem que contamina a sua moral, o seu caráter. E sim, o que sai de sua boca, sua postura, seu caráter, suas palavras torpes. Isto sim é venemo que mata.

O que o intelectual não sabe diferenciar é aquilo que é cultura daquilo que é absoluto na Bíblia.

No contexto do deserto, aqueles animais eram impuros para o consumo por razões que Deus conhecia. No contexto dos Apóstolos, depois de 1.500 anos de distância e vivendo num contexto urbano, a situação era outra.

Por exemplo: todo mundo sabe que o porco tem grande porcentagem de ter um parasita chamado "Solitária" (taenia) em seu întestino ou estômago. Este parasita pode ser hospedar no ser humano e lhe causar até a morte. O homem adquire este parasita através do consumir a carne do porco. Porém, este risco está situado no consumo de porcos não vacinados e não nos porcos que são criados exclusivamente para consumo e que chegam até nossa mesa.

Em nenhum monento na Bíblia Deus disse que era pecado comer os animais imundos. Deus apenas disse que estes animais eram imundos. Ou seja, não era bom para consumo naquele contexto. Depois, em outra situação, 1.500 anos depois, a história era outra.

Nós podemos comer qualquer tipo de animal: III

At 10:10-13 - Tendo fome, queria comer; enquanto a refeição estava sendo preparada, caiu em êxtase. Viu o céu aberto e algo semelhante a um grande lençol que descia à terra, preso pelas quatro pontas, contendo toda espécie de quadrúpedes, bem como de répteis da terra e aves do céu. Então uma voz lhe disse: “Levante-se, Pedro; mate e coma”.

A grande verdade é que os judeus nunca entenderam de fato o sentido da lei. Eles sempre distorceram tudo, por exemplo:

A Bíblia diz: "- Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão". Os judeus até hoje dizem: "- Nunca pronunciarás o nome de Deus".

O mesmo aconteceu com Pedro. Jesus veio e lhe ensinou tanto a respeito da graça, porém Pedro ainda não havia entendido muito bem pelo jeito a respeito disso e então Deus lhe ensina algo através desta visão.

A maior prova que Pedro era meio devagar para entender as coisas, está descrito em Gl 2:11-21.

11 Quando, porém, Pedro veio a Antioquia, enfrentei-o face a face, por sua atitude condenável.
12 Pois, antes de chegarem alguns da parte de Tiago, ele comia com os gentios. Quando, porém, eles chegaram, afastou-se e separou-se dos gentios, temendo os
que eram da circuncisão.
13 Os demais judeus também se uniram a ele nessa hipocrisia, de modo que até Barnabé se deixou levar.
14 Quando vi que não estavam andando de acordo com a verdade do evangelho, declarei a Pedro, diante de todos: “Você é judeu, mas vive como gentio e não
como judeu. Portanto, como pode obrigar gentios a viverem como judeus?
15 “Nós, judeus de nascimento e não ‘gentios pecadores’,
16 sabemos que ninguém é justificado pela prática da Lei, mas mediante a fé em Jesus Cristo. Assim, nós também cremos em Cristo Jesus para sermos justificados
pela fé em Cristo, e não pela prática da Lei, porque pela prática da Lei ninguém será justificado.
17 “Se, porém, procurando ser justificados em Cristo descobrimos que nós mesmos somos pecadores, será Cristo então ministro do pecado? De modo algum!
18 Se reconstruo o que destruí, provo que sou transgressor.
19 Pois, por meio da Lei eu morri para a Lei, a fim de viver para Deus.
20 Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpod, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me
amou e se entregou por mim.
21 Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça vem pela Lei, Cristo morreu inutilmente!”

Nós podemos comer qualquer tipo de animal: IV

Rm 14:2 - Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes.

Paulo está falando do cuidado que nós cristãs temos que ter uns com os outros. Pois alguns tem uma visão da vida mais reducionista que outros. Enquanto que alguns entenderam melhor a Graça em Cristo e portanto comem de tudo, outros ainda estão presos a alguns legalismos e não se sentem livres para comerem de tudo. Diante disso, Paulo nos diz para suportarmos com amor tais irmãos e buscarmos não escandalizá-los.

Nós podemos comer qualquer tipo de animal: V

Rm 14:14 - Eu sei e estou certo, no Senhor Jesus, que nenhuma coisa é de si mesma imunda, a não ser para aquele que a tem por imunda; para esse é imunda.

Em definitivo Paulo deixa bem claro que os animais não eram imundos em si mesmo, eles apenas não eram aconselháveis para o consumo.

Ele também deixa claro que, o animal imundo se torna imundo no sentido de pecado, se aquele que comer pensar que é pecado. Então, o problema não está no animal em si mesmo, e sim na mente de quem come.

Nós podemos comer qualquer tipo de animal: VI

1 Co 10:25 - Comei de tudo quanto se vende no açougue, sem perguntar nada, por causa da consciência.

Paulo está dizendo o seguinte: "- Olha, não fique perguntando se a carne é sacrificada a ídolos ou não. Vá, compre, coma e pronto. Porque se não, você compra a carne consciente de que é sacrificada a ídolos e come achando que é pecado, daí sim você estará pecando. Porque o que é feito sem fé é pecado".

Nós podemos comer qualquer tipo de animal: VII

I Tm 4:1-3 - O Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns abandonarão a fé e seguirão espíritos enganadores e doutrinas de demônios. Tais ensinamentos vêm de homens hipócritas e mentirosos, que têm a consciência cauterizada e proíbem o casamento e o consumo de alimentos que Deus criou para serem recebidos com ação de graças pelos que crêem e conhecem a verdade.

Amém! O tempo da graça chegou. Não dê ouvidos a legalistas que trazem conselhos falsos de santidade que diz que comer isto ou aquilo é pecado. Se for para não comer, que seja apenas por questão de saúde ou então por cuidado com o irmão mais fraco.

Perguntas:

"1. Vcs Acham que é certo comer animais?

2. Vcs acham que Deus criou os animais só pra servirem ao homem?

3. Vcs acham que somos superiores a eles?"

1. Vcs Acham que é certo comer animais?
R: Muita coisa que fazemos hoje é um resultado da queda do homem do seu estado original. E Comer carne é um destes resultados.

Conforme Gn 1:28-29, Deus havia dado apenas as ervas e as frutas para mantimento do ser humano. Porém, o mesmo Ele disse em Gn 1:30 referente ao resto da criação, incluindo aqueles que hoje chamamos de carnívoros. Por tanto os carnívoros são um resultado da queda. Desse modo, se eu dissesse que é errado, eu teria que dizer também que é errado os leões comerem carne.

Hoje nós vivemos num mundo caído. Num mundo onde existe a morte, ervas-daninhas (Gn 3:18), violência, etc...

Muito do que acontece hoje não estava no plano de Deus.

Porém, a questão do certo e do errado se torna bem relativo, uma vez que Deus não nos proibiu na Lei Mosáica, o comer carne animal. Pelo contrário, Deus ordenou que o povo comesse o Cordeiro Pascal em Ex 12. O que acredito pessoalmente, é que há uma tolerância de Deus neste caso. Porém, não creio que na Ressurreição e na Eternidade haverá algum tipo de carnívoro.

Também não há no ensino de Jesus, algum tipo de proibição quanto a isso. Pelo contrário, Jesus comeu carne de peixe juntamente com seus discípulos como disse acima.

Os apóstolos também não fizeram algum tipo de proibição relacionada a isso. Apenas proibiram beber o sangue dos animais e não comer a sua carne (animais consagrados a ídolos).

Vocês acham que Deus criou os animais só pra servirem ao homem? Vocês acham que somos superiores a eles?"

Veja bem, existe um termo chamado mordomia. O qual, se encaixa melhor neste caso.

O homem é o mordomo da criação de Deus. É responsabilidade do homem cuidar da criação (animal, vegetal, mineral, etc...). Não creio que Deus criou os animais para serem escravos do homem, e sim viverem num ambiente de amizade, onde o homem com a sua capacidade mental superior cuidaria deles como um amigo e não um opressor e destruidor como hoje se vê.

O homem é superior aos animais!

Porém, o que significa superior? Qual seria o impecilho caso isto seja realmente uma verdade?

1. O homem é superior na sua capacidade criativa e não na sua força física. Há animais que superam em muito o homem em sua capacidade física. Algumas espécies de animais são melhores que o homem em basicamente tudo no que se refere a questão física (menos a mente é claro).

2. O fato de ser superior, não implica na liberdade de destruir como bem lhe entender. E a grande verdade é que na ressurreição, o homem voltará a desempenhar sua mordomia da forma como Deus projetou.

Pipe Desertor
avatar
Equipe Apologética
Admin

Mensagens : 148
Pontos : 426
Data de inscrição : 11/11/2011
Localização : RUA CORONEL XAVIER DE TOLEDO, 65 - LOJA 8D - CENTRO - SÃO PAULO

Ver perfil do usuário http://www.forumevangelico.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum