FÓRUM EVANGÉLICO
Paz do Senhor Jesus.

Por favor, cadastre-se e ajude-nos a manter uma boa colocação no google, espalhando com isso, o evangelho do Senhor Jesus, para juntos, mostrarmos que o verdadeiro evangelho, não se parece nem um pouco com o que vem ocorrendo hoje.

Toda Honra e Glória ao Senhor,
Equipe Apologética

ONDE OS IRMÃOS DE JOSÉ ACHARAM O DINHEIRO DELES?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ONDE OS IRMÃOS DE JOSÉ ACHARAM O DINHEIRO DELES?

Mensagem  Equipe Apologética em Seg Dez 26, 2011 8:37 pm

Onde os irmãos de José acharam o dinheiro deles?

Em uma venda antes de voltar para casa. Gn 42:27, 43:21

Depois de voltar para casa. Gn 42:29, 42:35

Textos

Em uma venda antes de voltar para casa
Gn 42:27 - E, abrindo um deles o seu saco, para dar pasto ao seu jumento na venda, viu o seu dinheiro; porque eis que estava na boca do seu saco.

Gn 43:21 - e aconteceu que, chegando nós à venda e abrindo os nossos sacos, eis que o dinheiro de cada varão estava na boca do seu saco, nosso dinheiro por seu peso; e tornamos a trazê-lo em nossas mãos.

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Depois de voltar para casa
Gn 42:29 - E vieram para Jacó, seu pai, na terra de Canaã; e contaram-lhe tudo o que lhes aconteceu, dizendo:

Gn 42:35 - E aconteceu que, despejando eles os seus sacos, eis que cada um tinha a trouxinha com seu dinheiro no seu saco; e viram as trouxinhas com seu dinheiro, eles e seu pai, e temeram.

Descontradizendo

Esta é ótima. O simples fato de não se ler o contexto traz uma confusão incrível nas cabecinhas dos céticos. Se lessem o contexto, talvez entenderiam... ou não...

A BDC quer nos dizer o seguinte:

Os filhos de Israel estavam voltando embora para Canaã, quando chegaram na venda e descobriram a prata escondida em suas bagagens. Então seguiram viajem até sua casa e abriram de novo e se espantaram novamente. Porém este 2º espanto é estranho, pois eles já haviam se espantado na venda.

Fica até engraçado quando se pensa desta forma.

A Biblia quer nos dizer o seguinte:

No capítulo 42, os irmãos de José foram para o Egito em busca de comida e ele os prendeu, acusando-os de espionagem. Porém José os mandou voltar para Canaã, levando consigo a comida, porém deixando Simeão preso, até que voltassem com Benjamim. No mesmo capítulo, eles chegam à pousada e descobrem que em um dos sacos tinha a prata que eles haviam dado ao governador do Egito (José) e ficaram apavorados. Depois encontrando em todas as bagagens. ASSIM SEGUIRAM VIAJEM ATÉ SEU PAI, e contaram-lhe o que tinha acontecido. Mostraram a prata e eles e seu pai ficaram com muito medo, pois deveriam levar consigo Benjamim. Este era o maior medo de Israel. Perder Benjamim.

No capítulo 42, eles encontram a prata e ficam apavorados, porém quando chegam a Canaã e relatam tudo a seu pai, voltam a ficar com medo pois eles deveriam levar Benjamim. Desta forma, sabiam que poderiam ser considerados como espiões e assim, terem Benjamim e Simeão, que estava preso, como mortos.

Já no 43 é outra coisa totalmente diferente. O episódio relatado no capítulo 43 é posterior ao acontecimento relatado acima. Ou seja, a BDC está usando uma história que aconteceu depois, para alegar contradição. Vejamos:

O capítulo 43 narra o retorno dos irmãos com Benjamim ao Egito. Quando José vê Benjamim, manda seus servos prepararem um almoço, porém os irmão achavam que seriam julgados assim que chegassem à casa de José. Devido a esse medo, eles falam ao administrador da Casa de José:

18 Eles ficaram com medo quando foram levados à casa de José, e pensaram: “Trouxeram-nos aqui por causa da prata que foi devolvida às nossas bagagens na primeira vez. Ele quer atacar-nos, subjugar-nos, tornar-nos escravos e tomar de nós os nossos jumentos”.
19 Por isso, dirigiram-se ao administrador da casa de José e lhe disseram à entrada da casa:
20 “Ouça, senhor! A primeira vez que viemos aqui foi realmente para comprar comida.
21 Mas no lugar em que paramos para pernoitar, abrimos nossas bagagens e cada um de nós encontrou a prata que tinha trazido, na quantia exata. Por isso a trouxemos de volta conosco,
22 além de mais prata, para comprar comida. Não sabemos quem pôs a prata em nossa bagagem”.
23 “Fiquem tranqüilos”, disse o administrador. “Não tenham medo. O seu Deus, o Deus de seu pai, foi quem lhes deu um tesouro em suas bagagens, porque a prata de vocês eu recebi.” Então soltou Simeão e o levou à presença deles.

Persebem o erro grotesco na criação desta contradição? A BDC pegou um evento anterior, colocou em paralelo com outro evento posterior e argumentaram que era uma contradição. O Capítulo 42 e 43 estão separados por aproximadamente 2 meses, pois se não fosse a demora, teriam ido e voltado 2X. Gn 43:10 Como se vê, se não tivéssemos demorado tanto, já teríamos ido e voltado duas vezes”. O tempo aproximado de ida era de 2 semanas, ou seja, o total seriam 8 semanas.


Conclusão

Não há contradição, pois os eventos relatados estão em ordem. A contradição foi criada a partir de um erro grotesco da BDC.

Gn 42 diz que eles abriram suas malas e viram a prata e ficaram com medo, pois achavam que seriam considerados espiões e poderiam perder seu irmão Simeão. Quando chegaram em casa e contaram ao seu pai, ficaram com mais medo, pois teriam que voltar e levar Benjamim e se caso acontecesse algo, Israel morreria de desgosto, por perder 2 filhos.

Gn 43 diz sobre o retorno deles com Benjamim ao Egito para trazer Simeão novamente. Eles, por medo, apelam ao administrador da Casa de José e relatam o que lhes havia acontecido.

Ou seja, a BDC usa um evento ocorrido 2 meses depois para afirmar uma suposta contradição, um evento que nada tem haver com o primeiro.

Dr. Calvin

Equipe Apologética
Admin

Mensagens : 148
Pontos : 426
Data de inscrição : 11/11/2011
Localização : RUA CORONEL XAVIER DE TOLEDO, 65 - LOJA 8D - CENTRO - SÃO PAULO

Ver perfil do usuário http://www.forumevangelico.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum