FÓRUM EVANGÉLICO
Paz do Senhor Jesus.

Por favor, cadastre-se e ajude-nos a manter uma boa colocação no google, espalhando com isso, o evangelho do Senhor Jesus, para juntos, mostrarmos que o verdadeiro evangelho, não se parece nem um pouco com o que vem ocorrendo hoje.

Toda Honra e Glória ao Senhor,
Equipe Apologética

DEUS APROVA O SACRIFÍCIO HUMANO?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

DEUS APROVA O SACRIFÍCIO HUMANO?

Mensagem  Equipe Apologética em Dom Dez 25, 2011 7:04 pm

Deus aprova o sacrifício humano?

Sim. Gn 22:2, Ex 22:29, Lv 27:28-29, Nm 31:25-29, Jz 11:29-40, II Sm 21:1, 21:8-9, 21:14, I Rs 13:2, II Rs 23:20

Não. Lv 18:21, 20:2, Dt 18:10.

O significado de Sacrifício

A palavra sacrificio segundo o dicionário significa: Oferta solene à Deus.

Diante disso, Deus recebe ou ordena algum tipo de sacrificio humano em oferenda a Ele?

Descontradizendo versículo por versículo

Gn 22:2 - E disse: Toma agora o teu filho, o teu único filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá; e oferece-o ali em holocausto sobre uma das montanhas, que eu te direi.

Só uma pergunta: Morreu alguém de fato nesta história? Se não, então é sinal que Deus não aprova. Foi apenas uma prova para Abraão.

Ex 22:29 - As tuas primícias e os teus licores não retardarás; o primogênito de teus filhos me darás.

Isso não tem nada a ver como sacrifício. O texto está falando de consagração. O filho primogênito era consagrado a Deus. (ler NVI).

Lv 27:28-29 - Todavia, nenhuma coisa consagrada que alguém consagrar ao SENHOR de tudo o que tem, de homem, ou de animal, ou do campo da sua possessão, se venderá nem resgatará; toda coisa consagrada será uma coisa santíssima ao SENHOR. Toda coisa consagrada que for consagrada do homem não será resgatada; certamente morrerá.

A NVI diz no vs.29: “Nenhuma pessoa consagrada para a destruição poderá ser resgatada; terá que ser executada”.

Isto não tem nada a ver com sacrifício humano a Ele e sim a uma execução da lei diante de um crime.

Nm 31:25-29 - Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo: Toma a soma da presa dos prisioneiros, de homens e de animais, tu e Eleazar, o sacerdote, e os cabeças das casas dos pais da congregação; e divide a presa em duas metades, entre os que, hábeis na peleja, saíram à guerra, e toda a congregação. Então, para o SENHOR tomarás o tributo dos homens de guerra que saíram a esta guerra; de cada quinhentos, uma alma, tanto dos homens como dos bois, dos jumentos e das ovelhas. Da sua metade o tomareis e o dareis ao sacerdote Eleazar, para a oferta alçada do SENHOR.

Onde diz aqui que estes homens foram mortos? O texto diz que foram consagrados a Deus. Separados para Deus e não mortos para Deus.

Juizes 11:29
29 Então o Espírito do SENHOR se apossou de Jefté. Este atravessou Gileade e Manassés, passou por Mispá de Gileade, e daí avançou contra os amonitas.
30 E Jefté fez este voto ao SENHOR: “Se entregares os amonitas nas minhas mãos,
31 aquele que estiver saindo da porta da minha casa ao meu encontro, quando eu retornar da vitória sobre os amonitas, será do SENHOR, e eu o oferecerei em holocausto”.
32 Então Jefté foi combater os amonitas, e o SENHOR os entregou nas suas mãos.
33 Ele conquistou vinte cidades, desde Aroer até as vizinhanças de Minite, chegando a Abel-Queramim. Assim os amonitas foram subjugados pelos Israelitas.
34 Quando Jefté chegou à sua casa em Mispá, sua filha saiu ao seu encontro, dançando ao som de tamborins. E ela era filha única. Ele não tinha outro filho ou filha.
35 Quando a viu, rasgou suas vestes e gritou: “Ah, minha filha! Estou angustiado e desesperado por sua causa, pois fiz ao SENHOR um voto que não posso quebrar”.
36 “Meu pai”, respondeu ela, “sua palavra foi dada ao SENHOR. Faça comigo o que prometeu, agora que o SENHOR o vingou dos seus inimigos, os amonitas.”
37 E prosseguiu: “Mas conceda-me dois meses para vagar pelas colinas e chorar com as minhas amigas, porque jamais me casarei”.
38 “Vá!”, disse ele. E deixou que ela fosse por dois meses. Ela e suas amigas foram para as colinas e choraram porque ela jamais se casaria.
39 Passados os dois meses, ela voltou a seu pai, e ele fez com ela o que tinha prometido no voto. Assim, ela nunca deixou de ser virgem.Daí vem o costume em Israel
40 de saírem as moças durante quatro dias, todos os anos, para celebrar a memória da filha de Jefté, o gileadita.

Descontradizendo Juízes 11
Não foram os sacrifícios humanos severa e reiteradamente proibidos por Deus, em suas leis? (Lv 18:21; 20:2-5; Dt 12:31; 18:10).

Nossa... alguém está prestes a morrer e este fica preocupado com a sua virgindade? Vocês acham que foi isso o que aconteceu de fato: Jefté sacrificou sua filha num altar de pedra à Deus? Deus sabendo de antemão que seria a filha dele que morreria, mesmo assim deu a vitória a Jefté? Este é o Deus que a Bíblia revela? E mesmo que não fosse a filha de Jefté, vocês acham que Deus aceitaria algum tipo de sacrifício humano sendo que Ele mesmo havia proibido na lei e isto era uma aberração para o povo de Israel?

Observe que:
1.Deus sempre proibiu na Lei o sacrifício humano.

2.Jefté disse que ofereceria em “holocausto” o primeiro que saísse da porta da sua casa. Então provavelmente não era nem uma vaca e nem um cordeiro. Certamente estava se referindo que a primeira pessoa que saísse de sua casa ele consagraria a Deus.

3.Jefté seria louco para pensar que Deus aceitaria um sacrifico humano? Mesmo que fosse talvez de um servo dele?

4.Era costume em Israel consagrarem filhas ao serviço no templo (Ex 38:Cool.

5.Por que tamanha ênfase na questão da virgindade? De não conhecer homem algum? Não se esqueçam que ela era filha única. Por tanto, Jefté não teria herdeiros.

6.Não se esqueçam que Jefté está na lista dos heróis da fé em Hb 11. Ele jamais estaria lá se tivesse cometido esta abominação diante de Deus.

Conclusão: A filha de Jefté foi consagrada a Deus e não morta sobre um altar como a Bíblia do Cético quer nos fazer entender.

II Sm 21: E houve, em dias de Davi, uma fome de três anos, de ano em ano; e Davi consultou ao SENHOR, e o SENHOR lhe disse: É por causa de Saul e da sua casa sanguinária, porque matou os gibeonitas.

Onde neste texto fala de sacrifício humano que Deus recebeu?

II Sm 21:8-9 - Porém tomou o rei os dois filhos de Rispa, filha de Aiá, que tinha tido de Saul, a saber, a Armoni e a Mefibosete, como também os cinco filhos da irmã de Mical, filha de Saul, que tivera de Adriel, filho de Barzilai, meolatita. E os entregou na mão dos gibeonitas, os quais os enforcaram no monte, perante o SENHOR; e caíram estes sete juntamente; e foram mortos nos dias da sega, nos dias primeiros, no princípio da sega das cevadas.

Deus não aprovou sacrifício humano. Este texto nem fala disso. Fala de homens que pecaram e foram executados pelos seus inimigos diante de Deus.

II Sm 21:14 - Enterraram os ossos de Saul e de Jônatas, seu filho, na terra de Benjamim, em Zela, na sepultura de Quis, seu pai, e fizeram tudo o que o rei ordenara; e, depois disso, Deus se aplacou para com a terra.

O mesmo. Deus havia se indignado com Saul e a sua ira saiu de sobre Israel quando Saul morreu.

I e II Reis
I Re 13:2 - E clamou contra o altar com a palavra do SENHOR e disse: Altar, altar! Assim diz o SENHOR: Eis que um filho nascerá à casa de Davi, cujo nome será Josias, o qual sacrificará sobre ti os sacerdotes dos altos que queimam sobre ti incenso, e ossos de homens se queimarão sobre ti.

Vamos ver em hebraico:

ב ויקרא על המזבח בדבר יהוה ויאמר מזבח מזבח כה אמר יהוה הנה בן נולד לבית דוד יאשיהו שמו וזבח עליך את כהני הבמות המקטרים עליך ועצמות אדם ישרפו עליך

וזבח - zabach "zaw-bakh" - Matar, exterminar, executar, sacrificar


II Re 23:20 - E sacrificou todos os sacerdotes dos altos, que havia ali, sobre os altares, e queimou ossos de homens sobre eles; depois, voltou a Jerusalém.

כ ויזבח את כל כהני הבמות אשר שם על המזבחות וישרף את עצמות אדם עליהם וישב ירושלם

ויזבח - zabach "zaw-bakh" - Matar, exterminar, executar, sacrificar (o mesmo caso de I Reis 13:2)

Execução e não sacrifício. A palavra sacrifício significa outra coisa.

SACRIFÍCIO = Oferta solene à divindade;

Executar uma pessoa sobre um altar, não significa que esta foi sacrificada à Deus.

Nos versículos dos dois livros de Reis, a palavra Zabach foi traduzida como sacrificar por se tratar de religiosos que estavam sendo executados. Porém o sentido desta palavra é o de execução e não sacrifício de adoração. Execução por motivos diversos, baseados na lei.

Conclusão: Não há contradição em nenhum dos textos. Apenas há uma completa desinformação, má interpretação e preconceito com as escrituras, fazendo-as dizer o que elas não dizem.

Pipe Desertor e Dr. Calvin
avatar
Equipe Apologética
Admin

Mensagens : 148
Pontos : 426
Data de inscrição : 11/11/2011
Localização : RUA CORONEL XAVIER DE TOLEDO, 65 - LOJA 8D - CENTRO - SÃO PAULO

Ver perfil do usuário http://www.forumevangelico.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum